bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Exame de bioimpedância na Barra da Tijuca

Procedimento calcula massa magra e massa gorda com exame de bioimpedância

Exame de bioimpedância permite análise completa da estrutura corporal. Indicado para auxiliar o nutricionista na elaboração de dietas, o exame também pode ajudar na prática de exercícios.

O cálculo da massa corporal feito tradicionalmente seguindo medidas das dobras cutâneas, pode ser realizado de forma mais precisa com o exame de bioimpedância no Rio de Janeiro. Durante o procedimento o paciente é submetido a uma corrente elétrica de baixa amplitude (500 a 800 mA) e alta frequência (50 kHz), que permite mensurar ângulo de fase, resistência (R) e reatância (Xc). Os dois últimos utilizados para calcular a impedância (Z), a diferença de potencial entre dois pontos de um circuito.

esquema exame de bioimpedância RJ

O aparelho utiliza o próprio corpo do paciente como um fio condutor da corrente. O exame é feito em cima de uma espécie de balança enquanto a pessoa segura duas alças ligadas à base por um fio. É a diferença de potencial entre a corrente que circula entre a mão e o pé do paciente que definirá a estrutura corporal. Quanto maior for este valor maior é a porcentagem de massa gorda do indivíduo. Uma vez que a reduzida quantidade de água e de eletrólitos das células de gordura dificultam a passagem da corrente. O exame de bioimpedância revela ainda o ângulo de fase, um indicador das alterações na composição corporal e na função da membrana celular que interferem no estado de saúde do indivíduo. Quanto menor o valor do ângulo, maior a vulnerabilidade do organismo.

Considerado pelo Consenso Latino-Americano de Obesidade como um método apurado para avaliação da composição corporal, o exame de bioimpedância, é capaz de informar, por exemplo, se o corpo retém líquido em excesso. Dietas com muito sódio impedem a eliminação de líquido, incham o corpo, desaceleram o organismo e dificultam a queima de gordura. Além disso, o sódio aumenta a pressão e as chances de doenças cardiovasculares.

Ao obter dados como estes sem sair da clínica, o nutricionista na Barra da Tijuca consegue construir um cardápio altamente personalizado e com muito mais segurança e rapidez. Além disso, as clássicas corridas no calçadão ou em volta da Lagoa podem ser melhor aproveitadas após o exame de bioimpedância no Rio de Janeiro. Pois o procedimento possibilita definir qual a intensidade e frequência necessárias de exercício para atingir os objetivos pretendidos a partir do mapeamento da estrutura corporal.

As informações fornecidas pelo exame de bioimpedância incluem a quantidade de nutrientes como proteínas e minerais, a real porcentagem de massa gorda, massa magra, o peso total, a porcentagem de água no organismo, a taxa metabólica basal (necessidade mínima diária de calorias), o índice de massa corporal (peso x altura) e a relação entre cintura e quadril, que determina a chance de doenças cardiovasculares.

Tais complicações são mais comuns em pacientes obesos, porém, nem toda a obesidade é aparente. O exame de bioimpedância revela a obesidade oculta. Aquela que não é percebida no índice de massa corporal (IMC), mas que fica evidente quando são conhecidos o percentual de massa gorda e a relação cintura/quadril.

Em uma avaliação ainda mais específica o exame de bioimpedância define a massa magra e a massa gorda de cada segmento do corpo. Possibilitando identificar facilmente as porcentagens do tronco e de cada membro. Assim, no próprio consultório do nutricionista na Barra da Tijuca o paciente começa a sua preparação após os resultados do exame de bioimpedância no Rio de Janeiro. Ao visualizar possíveis desequilíbrios entre os membros do corpo, exercícios especiais podem ser destinados para apenas um segmento, com o objetivo de harmonizar braços, pernas e tronco.

Mesmo com todas as medidas antropométricas, a taxa de metabolismo basal continua a ser um item fundamental no trabalho do nutricionista a partir da realização do exame de bioimpedância no Rio de janeiro. Conhecendo a quantidade mínima de calorias a serem ingeridas diariamente, ele irá limitar a alimentação do paciente para que não falte nenhum nutriente. Este trabalho envolve o gasto de energia básica para manter o organismo em funcionamento, mais a taxa de atividade que varia entre os indivíduos sedentários até os extremamente ativos.

O exame de bioimpedância na Barra da Tijuca tem uma interpretação facilitada em sua avaliação geral. Resumidamente o resultado separa por cor os pontos avaliados, com indicação azul para valores saudáveis e vermelha para os aspectos que merecem atenção.

Antes de realizar o procedimento, duas precauções devem ser tomadas. A primeira proíbe a realização do exame de bioimpedância por mulheres no período menstrual, pré-menstrual, gestantes e portadores de marca-passo. A segunda alerta para ingestão e eliminação de líquidos durante a preparação. O nível de hidratação e a temperatura ambiente influenciam na qualidade das informações obtidas no exame de bioimpedância. Enquanto a hipoidratação diminui as concentrações eletrolíticas, dificultando o fluxo da corrente e gerando uma estimativa maior do percentual de gordura; a hiperidratação facilita o trânsito da corrente e indica um organismo com menos gordura.

De fato, nosso peso oscila rapidamente devido a retenção ou perda de líquido, daí a importância do exame de bioimpedância na determinação da real porcentagem de gordura corpórea. Muitas vezes o peso na balança continua o mesmo, mas as proporções de massa magra e massa gorda estão diferentes, assim como nossa taxa de hidratação. Uma composição corporal adequada significa menos risco de doenças como diabetes e até mesmo alguns tipos de câncer. Por outro lado, uma porcentagem muito baixa de gordura pode prejudicar o fornecimento de vitaminas, o funcionamento do sistema reprodutivo e o bem-estar geral.

O exame de bioimpedância na Barra da Tijuca auxilia na prática de exercícios e na construção de uma dieta carioca equilibrada. Em apenas 50 segundos, através de um método não invasivo e indolor, é possível mapear a estrutura corporal e definir os limites da alimentação e da atividade física. A partir da relação entre peso ideal e altura, feita pelo exame de bioimpedância, definem-se metas para alcançar o equilíbrio entre estética e saúde.

Nutricionista na Barra da Tijuca promove alimentação saudável aliada à beleza.

resultado exame de bioimpedância RJ

1. Análise da Composição Corporal

Calcula a taxa de gordura corporal e a presença dos principais componentes do organismo para apreciação no próprio consultório do nutricionista na Barra da Tijuca.

2. Análise Músculo-Gordura

A proporção entre o peso, massa de músculo esquelético e massa de gordura pode ser visualizada facilmente com um exame de bioimpedância na Barra da Tijuca.

3. Diagnóstico de Obesidade

Utilizando o Índice de Massa Corporal (IMC), o percentual de gordura e a relação cintura-quadril, é possível diagnosticar a tendência de desenvolver problemas relativos ao acúmulo de gordura.

4. Massa magra

O percentual de massa magra de cada membro do corpo e do tronco.


5. Gráfico da forma do corpo

Distribuição da massa magra pelo corpo.

6. Avaliação Geral do exame de bioimpedância na Barra da Tijuca

Itens azuis significam valores saudáveis, itens vermelhos serão repensados junto ao nutricionista na Barra da Tijuca.

7. Controle de Peso

O cálculo do peso ideal segundo a altura e informações sobre o excesso e as deficiências do seu corpo.

8. Histórico

Comparação com resultados anteriores.

9. Dados adicionais do exame de bioimpedância no Rio de Janeiro

Medidas antropométricas e taxa de metabolismo basal para serem incluídas na avaliação nutricional a ser feita pelo nutricionista na Barra da Tijuca.

Clique para mais informações sobre exame de bioimpedância.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife