bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

Nevos Melanocíticos (Sinal de Pele)

Conhecidos como sinais, essas manchas podem tornar-se malignas

sinais na pele autoexame

Nevos melanocíticos ou sinais de pele:

Conhecidos popularmente como sinais, pintas ou verrugas, representam um tumor benigno composto por células que originam a melanina (melanocíticas). Seu surgimento pode se dar com o passar dos anos, ou desde o nascimento. Praticamente todas as pessoas apresentam nevos melanocíticos, entretanto, em quantidade de nevos bastante variável entre as pessoas.

Comumente, aparecem como pequenas sinais na pele que variam de coloração entre marrons, cor da pele, avermelhadas ou pretas, que podem permanecer planas ou aumentarem de espessura, tornando-se elevadas e sendo confundidas com verrugas. Sua forma também pode alterar entre oval, redonda ou irregular, bom como sua superfície, que pode ser lisa ou enrugada, com ou sem pelos.

Geralmente, o tratamento não se faz necessário, porém, alguns nevos pigmentados podem sofrer processo de malignização, ocasionando um melanoma maligno, especialmente os nevos displásicos. Caso ocorra a suspeita de transformação, indica-se a retirada cirúrgica da lesão.

Nevos pigmentados que apresentam aumento de tamanho, mudança de cor, sangramento, ferida, coceira ou inflamação, podem estar em processo de malignização, portanto, devem ser avaliados por um dermatologista.
Quando o tratamento for somente por motivos estéticos, sem estarem em processo de malignização, as técnicas cirúrgicas recorridas podem ser o shaving ou a excisão e sutura simples. Já nos casos de suspeita de transformação, utiliza-se a excisão e sutura simples.

Há vários tipos de nevos melanocíticos: congênito, atípico, displásico, juncional, intradérmico, composto, entre outros. Leia abaixo, algumas informações sobre os principais:

Nevo melanocítico congênito: Pode apresentar grande dimensão, formando uma mancha elevada, rugosa, de coloração marrom ou preta e, geralmente, recoberta por pelos. Quando atinge áreas muito amplas do corpo, recebem a denominação de nevo congênito gigante.

Nevo displásico: Representa lesões com coloração não uniforme, podendo variar do róseo ao negro, o tamanho é maior, as bordas são irregulares e a pigmentação também. Podem estar em grande quantidade no mesmo indivíduo, assim como estar presente em mais de um membro da família.

Nevo halo (ou nevo de Sutton): Esta lesão apresenta ausência de pigmentação ao seu redor, como reação do organismo contra as células do nevo, que acabam atingindo também as células melanocíticas que o rodeiam. Este processo pode levar ao desaparecimento total do nevo pigmentado e consequente repigmentação da pele.

Nevo spilus: Caracteriza-se pela presença de várias e pequenas lesões sobrepostas a uma mancha marrom clara.

sinais na pele autoexame


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife